segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Eu te amo mais do que possa imaginar e saber...



Falando nisso você não sabe de nada ... Como não temos nada a ver se nem tempo tivemos
de nos conhecermos melhor... Pior momento na minha vida, por que não consigo te esquecer...  De todos os olhares é o seu que eu quero...   Que momento !

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Quem ama verdadeiramente - Parte 2

2º Doa amor sem sentir a perda deste sentimento...

     Para darmos qualquer coisa material precisamos ter.Mais os sentimentos são diferentes, é preciso "ser" , por que assim estarão incorporados como virtude do espirito e não num bolso que um dia possa ficar vazio.
     Temos então que "ser amor" assim, nunca sentiremos falta do que se doou. O que se "é " não se perde, se transmite, causando alivio e alegria para quem dá e saciando para quem recebe...

Deaculpa ...

Fora do ar...

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Quem ama verdadeiramente - Parte 1

     • Muitas pessoas acham que o nível de amor tem que ser proporcional ao ciume;
• Sentem paixão, por isso acham que amam;
• Acreditam no amor a primeira vista;

   1º Amor não se encontra no primeiro olhar : O amor a primeira vista é uma oportunidade rara entre duas pessoas,que se encontram na mesma sintonia espiritual.O arrepio causado pelo primeiro olhar é o choque espiritual dessas sintonias, que é captado pelos sensores espirituais que todos nós temos.Esses sensores indicam: Pessoa recém avistada é uma personalidade adequada ao convívio, entretanto, o amor verdadeiro só entra em campo cada dia da alquimia produzida a partir desse encontro.      
 Eu sei, eu também acreditava em amor a primeira vista, tenso.. só me convenci quando a pessoa me disse: _ nossa como se pode se apaixonar por alguém que beijou só uma vez... kkkkk Palhaço partiu me coração.... 
 

Amanhã continua ...
 palavra de mulherzinha !

A grande diferença entre o amar e gostar ...

Tem muita gente que não sabe ...são coisas totalmente distintas.. aqui no meu blog vou colocar meu ponto de vista sobre isso... acompanhem durante a semana......

Pensei em você o dia todo, ninguém percebeu. Você é o meu segredo.

Raro...

 Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida. Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Eu...

‎- Tô me sentindo estranho hoje…
- Por que?
- Sei lá, hoje acordei com vontade de tudo que, com muito esforço, eu deixei de gostar…
- Cigarros?
- Também!
- Do que mais?
- Você.

Sim, isso acontece ...

Eu sou: Metade amada (porque ninguém me assume por inteiro). Metade interessante (porque assusto quem eu quero aproximar e frustro os que ignoram minha muralha). Metade culpada (porque ninguém tem obrigação de me amar de verdade quando eu crio bloqueios tristes e vazios).

Confissões de Thays ...

Sou cheia de segredos, de mistérios e de verdades. Sou uma eterna amante do acaso e ainda assim defensora do destino. Me encontro silenciosamente perdida nos segredos do meu coração. Sou uma louca apaixonada por meus afins e todos os meus sonhos. Sonho alto. Acima das nuvens devo encontra-los. Sou uma amante sim, da vida e seus fins. 

Aproveite o feriado !

Alô? Tem algo marcado pra hoje? Queria saber se você quer sair para beber alguma coisa? (E ouvir umas histórias. Contar algumas também. Botar a conversa em dia… Falar sobre nós um pouco, talvez. Contar umas estrelas. Fazer uns pedidos. Quem sabe realizar alguns meus. Rir um pouco. Sentir-se leve. Esquentar um pouco os pés frios… O coração vazio. Se não quer sentar e relembrar o passado. Matar essa saudade. E essa vontade. Quem sabe sentir alguma vontade. Não sei… Queria saber se você não está a fim de amar um pouco? Se aceita ser amado. E me amar.) Aí a gente pode bater um papo. Sair com a turma. 

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Tenho que parar com esses sonhos bobos...

À três noites venho sonhando com você, à 3 meses eu peço bem baixinho antes de dormir — Eu queria você aqui! — e depois eu te encontro nos meus sonhos. Eu seguro na sua mão e te chamo para dançar, eu beijo sua testa, sua bochecha, seu nariz, seus lábios. Eu sinto o cheiro do seu perfume amadeirado e depois acaricio seus cabelos. Você olho fundo nos meus olhos me deixando sem graça, e então eu roubo um beijo seu. Eu digo — Te amo! — só pra você me abraçar. Eu esqueço de mim para lembrar de você e depois esqueço de me esquecer, acordo, forço o sono, volto a sonhar. Eu vejo você, novamente, e isso acontece o tempo todo. É um ciclo. Eu me escondi debaixo dos cobertores enquanto você me procurava, eu me escondi atrás da porta do quarto, e depois, eu me escondi atrás do seu sorriso. Mas não é real, são sonhos. Acordei, apertei o olho e tentei te encontrar novamente, não te achei, corri até a varanda da nossa casa e nada, eu chamei você, gritei bem alto — Não me abandone! — mas não aconteceu nada, e nem mesmo os vizinhos reclamaram. Abri a geladeira e peguei o litro de vodka, sentei nas escadas e tirei o cigarro do bolso, acendi e fique ali, e entre um gole ou outro uma lágrima descia, olhei no relógio, 10 minutos, a porta da escada abriu, era você, canalha, atrasado, outra vez. Tirei o cigarro dos lábios e apaguei com a sola vermelha do meu salto, larguei o litro de vodka em um dos degraus e sai correndo pra te abraçar, você me olhou bobo, disse com uma voz mansa — Fui no mercado comprar uma caixa de bombons, ah, eu trouxe um pouco de sorvete, caso você queira. — e depois riu, me perdi nos teus braços, e mais uma vez me escondi no teu sorriso. Acordei, esfreguei os olhos, olhei pro lado e não vi ninguém, o outro lado da cama estava vazio, eram sonhos, apenas sonhos.

Estou cega ?


Realmente uma história antiga !


Rapaz, por que me olha assim ?